Quem não deve, não teme

Quando decidi anunciar que colocaria meu nome à disposição para concorrer ao cargo de prefeito de Suzano, algumas pessoas me aconselharam a ter cautela. Assumir esta posição significa estar na mira dos ataques de uma máquina de dinheiro que tem sede de Poder. Exemplo disso foram as baixarias nas eleições de 2016.

Lembrei de quando resolvi denunciar os gastos excessivos da atual gestão com agências de publicidade, que hoje ultrapassa R$ 6,5 milhões. Naquela época também me alertaram sobre os riscos que eu corria de passar a ser alvo de uma máquina publicitária de fake news, financiadas com dinheiro público. E foi isso que aconteceu!

Páginas financiadas com o dinheiro público começaram a inventar situações das mais diversas, mas eu me mantive firme: Acreditei que o nosso trabalho se construiu em alicerces muito mais consistentes do que boatos jogados por aí. Eu acredito que a nova política é feita com a sabedoria e discernimento das pessoas. Felizmente, com tempo, paciência e transparência, os ataques não se sustentaram.

Vocês não tem ideia do quanto isso me encorajou e me fez enxergar o quanto nosso grupo é diferenciado!

Não posso ter medo! Por isso, apesar de reconhecer os riscos, vou assumi-los, acreditando que nada supera a honestidade e a transparência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×

Conversar agora!
Envie sua mensagem que retornaremos o contato em poucos minutos.

× Chat Online - WhatsApp