Comissão Legislativa pede informações sobre segurança, bullying e atendimento psicológico nas escolas de Suzano


Requerimento foi aprovado pela Câmara Municipal e trata de questões de urgência que precisam ser discutidas no âmbito no Poder Público e da sociedade civil
A Comissão Permanente de Política Social da Câmara de Suzano solicitou informações à Prefeitura sobre a oferta de atendimento psicológico aos alunos e funcionários da rede municipal de ensino, os casos de bullying e o tratamento dado a quem pratica e a quem sofre. Um requerimento com a solicitação de dados foi aprovado pelos vereadores, durante a sessão desta quarta-feira (20/03). O documento, que teve como base as reivindicações de profissionais da educação, de psicólogos e de psiquiatras, também exige que a administração municipal forneça dados sobre a segurança nas escolas, a quantidade de incidentes nas unidades educacionais, e pede, ainda, o detalhamento dos protocolos de atendimentos.
O presidente da Comissão, o vereador Lisandro Frederico, avalia que as respostas do requerimento vão apresentar um panorama real da rede de educação de Suzano, no que diz respeito à segurança dos alunos e dos servidores e à oferta de atendimento psicológico. “Estas informações são fundamentais, porque, segundo a análise de psicólogos e psiquiatras, a questão da saúde mental é primordial para diagnosticar, com brevidade, perfis e distúrbios mentais como dos atiradores que entraram na escola Raul Brasil e, com o devido diagnóstico, realizar o tratamento e prevenir ocorrências de violências que ofereçam algum tipo de risco”, ressaltou Lisandro. No último dia 13 de março, ex-alunos da Escola Estadual Raul Brasil entraram na unidade e mataram estudantes e funcionários.
O requerimento, conforme explicou Lisandro, é resultado de uma análise detalhada e na identificação de possíveis falhas na gestão da Educação de Suzano. Os problemas também foram relatadas em reunião entre os parlamentares membros da Comissão de Política Social e o Conselho Municipal de Educação (CME). “O documento encaminhado à Prefeitura, que teve a aprovação unânime na Câmara Municipal, trata questões de urgência que precisam ser discutidas no âmbito no Poder Público e da sociedade civil de maneira geral”, frisou Lisandro.
O requerimento conta com cinco páginas e 52 questões. Ele precisa ser respondido, conforme determina a legislação, em 15 dias corridos, após a Prefeitura ser notificada, o que deve ocorrer até a próxima segunda-feira (25/03). A expectativa é que na primeira semana de abril, a Comissão já tenha acesso e comece a analisar as respostas. “Assim que a recebermos, vamos estudá-las e, em seguida, iremos discutir com os demais órgãos ligados à rede de ensino do município, como o próprio Conselho de Educação”, adiantou. “Nosso objetivo será o de propor ações que melhorem a qualidade da Educação em Suzano e a segurança dos estudantes e dos servidores”, disse Lisandro.
Entre as perguntas que precisarão ser respondidas estão questões ligadas à segurança das unidades, como a quantidade de agentes de segurança escolar e se utilizam equipamentos e treinamento adequados; sobre os planos de evacuação; quantidade de alunos transferidos de forma compulsória; entre outras ocorrências de violência que precisam de atenção do Poder Público.
A Comissão também questiona sobre a existência de profissionais de Psicologia na Secretaria Municipal de Educação, bem como o número de psicólogos disponíveis pela Secretaria Municipal de Saúde. “Também questionamos o procedimento adotado com alunos envolvidos com a prática de bullying e se há um controle estatístico de eventos que envolvam esta prática. Existem reclamações de professores que afirmam que o município não têm profissionais suficientes para atender a demanda das escolas, que estão superlotadas e dificultam um aprofundamento do professor na rotina de cada aluno”, informou Lisandro.
O requerimento também é assinado pelos vereadores Denis Cláudio da Silva, e Isaac Lino, membros da Comissão de Política Social.

Para conferir o documento na íntegra, clique aqui.

Um comentário em “Comissão Legislativa pede informações sobre segurança, bullying e atendimento psicológico nas escolas de Suzano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×

Conversar agora!
Envie sua mensagem que retornaremos o contato em poucos minutos.

× Chat Online - WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: