Contra aumento do IPTU, Lisandro lança abaixo-assinado na Internet

Vereador também vai apresentar uma emenda para que o valor do IPTU tenha o reajuste correspondente a inflação do período, de acordo com o IPCA: 2,95%
O vereador Lisandro Frederico lançou um abaixo-assinado na Internet contra o aumento do IPTU em Suzano. Para participar basta acessar o link http://bit.ly/iptusuzano e preencher os dados solicitados.
A petição pública online “Suzano diz não ao aumento do IPTU” foi motivada após o anúncio feito pela Prefeitura de Suzano de estabelecer um limitador de 27% de reajuste. Lisandro considera o índice abusivo. “Ao ler a nova proposta, apresentada às pressas na Câmara Municipal, percebi que não há racionalidade neste novo cálculo. A Prefeitura decidiu esta porcentagem e ponto”, criticou. 
O vereador vai apresentar uma emenda substitutiva para que o valor do IPTU de 2018 tenha o reajuste correspondente a inflação do período de acordo com o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo): 2,95%. “É importante lembrar que o salário mínimo, em 2018, teve aumento de apenas 1,81%”, comparou. 
“Em janeiro deste ano, protocolei um ofício na Prefeitura alertando sobre os diversos movimentos sociais que estavam se organizando contra o aumento do IPTU, votado no fim de 2017, e questionando o porquê das entidades de classe e da sociedade civil não terem participado das discussões sobre o reajuste”, lembrou Lisandro. “Passados alguns meses, vem a Prefeitura, às pressas e com total improviso, com um novo projeto debaixo do braço, propondo 27%. Não importa se é 37%, 50% ou 27%, a população não consegue mais arcar com nenhum aumento deste tamanho”, avaliou.
Lisandro lembrou que foi o sucesso de um abaixo-assinado online que resultou na manutenção da passagem dos ônibus na cidade. “Outros municípios fizeram movimentos semelhantes e foram vitoriosos, derrubando aumentos abusivos de impostos e demais taxas. Aliás, foi a partir de uma petição como esta que conseguimos sensibilizar o governo no mês passado, fazendo com que não houvesse aumento da passagem”, destacou. 
“É inaceitável que o povo de Suzano, que mora em ruas com buracos, sem iluminação e com uma saúde pública de péssima qualidade, ainda tenha que pagar mais caro no IPTU”, ressaltou Lisandro. “Antes de cobrar a população é preciso fazer mais pela cidade”, disse. 
×

Conversar agora!
Envie sua mensagem que retornaremos o contato em poucos minutos.

× Chat Online - WhatsApp