Lisandro defende castrações de animais durante encontro na Assembleia Legistaliva

O vereador suzanense foi um dos parlamentares convidados para compor a mesa ao lado do deputado federal Ricardo Izar

O vereador de Suzano, Lisandro Frederico (PSD), defendeu que a castração animal é uma questão de saúde pública, como determina a legislação. O discurso foi feito durante o 1° Encontro Paulista de Parlamentares e Ativistas da Causa Animal (Epaca), realizada na noite de sábado (25), no auditório da Assembleia Legislativa. O evento foi organizado pelo deputado federal Ricardo Izar, juntamente com a Comissão de Proteção e Defesa Animal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SP), e a Frente Parlamentar de Defesa Animal do Congresso Nacional. 

Lisandro foi um dos parlamentares convidados para compor a mesa ao lado de Izar e demais deputados e vereadores de diversas regiões do Estado, além de representantes do Paraná e de Minas Gerais. Todos eles ligados à proteção animal e com trabalho significativo em suas respectivas regiões de atuação.

“Quando tive a oportunidade de falar aos presentes, descrevi a dificuldade que estamos tendo em Suzano de relacionar o entendimento sobre as castrações de animais e a saude pública”, disse. “Animais nas ruas são vetores de doenças e no evento alguns palestrantes relataram o risco que o País enfrenta perante uma epidemia. Atuar imediatamente nas castrações é fundamental para assegurar a saúde do ser humano”, afirmou Lisandro.

Um documento com todos as demandas do Epaca será enviado ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e ao Congresso Nacional. “Vamos trabalhar para que todas as reinvindicações sejam adotadas”, disse Lisandro.

Outros encontros de parlamentares e ativistas da causa animal serão agendados. “O Epaca passará a ser realizado em diferentes regiões do Estado e vários municípios irão ser anfitriões”, revelou o vereador suzanense.

“O encontro recebeu autoridades e representantes de organizações de vários lugares do Brasil, que puderam apresentar ideias e propostas de como a causa animal pode avançar no País. Aprendemos muito com algumas experiências reais, como a da deputada estadual do Rio Grande do Sul, Regina Becker, que, quando primeira dama de Porto Alegre, tornou a cidade gaúcha uma referência brasileira em políticas públicas para animais”, destacou Lisandro. “Lá em Porto Alegre eles usaram as escolas municipais para cuidar de animais ao mesmo tempo que promovem a educação ambiental” disse.

O vereador também ressaltou a palestra da presidente estadual da Comissão de Proteção e Defesa Animal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SP), Maíra Velez. “A advogada atualizou os avanços da legislação brasileira acerca da causa animal e reforçou a importância do tema sempre ser conduzido pela saúde pública, algo que sempre defendi e continuarei a defender em Suzano”, finalizou Lisandro.

Compuseram a mesa do Epaca os deputados federais Marcelo Antônio e Ricardo Izar; o deputado estadual de Minas Gerais Noraldino Júnior, e os vereadores Katia Ditrichi (Curitiba/PR), Ricardo Nunes (São Paulo), Sônia Modena (Mogi Mirim/SP), Fabio Manfrinato (Bauru/SP) e Guto Machado (Jaú/SP).