Suzano terá campanha de castração de animais

“Esta reunião foi imprescindível para, finalmente, definir quem seria o responsável pelos animais da cidade”, afirmou o vereador Lisandro

Suzano realizará ainda neste ano, uma campanha de castração de animais. Este foi um dos principais resultados da reunião realizada na manhã desta segunda-feira (20), na Secretaria de Saúde, que contou com a presença do vereador Lisandro Frederico (PSD), o Lisandro da ONG PAS, e dos secretários municipais da Saúde, Cláudio Guillaumon, e do Meio Ambiente, Carlos Watanabe. O encontrou atendeu a um pedido feito pelo parlamentar.

“Esta reunião foi imprescindível para, finalmente, definir quem seria o responsável pelos animais da cidade”, afirmou o vereador. Diante do questionamento, também feito durante as sessões na Câmara Municipal, os secretários apresentaram as dificuldades em atuar nesta questão. “Compreendemos a situação difícil para o município e o momento de transição, mas a questão da causa animal, o que inclui a castração, precisa estar na lista de prioridades”, afirmou.

Após as cobrança de Lisandro, foi definido que a Secretaria de Saúde dará prosseguimento às campanhas de castração que, inclusive, já conta com verbas previstas na Lei Orçamentária Anual (LOA), aprovada no ano passado, cujo valor destinado é de R$ 40 mil.

“Para os próximos anos serão realizados novos estudos de capacidade financeira e estrutural da Secretaria de Meio Ambiente. O que não poderia continuar ocorrendo é que a burocracia retardasse as campanhas de castração. Esta é uma questão de saúde pública, uma vez que animais de rua são vetores de doenças zoonóticas”, alertou Lisandro.

A secretaria de Meio Ambiente cuidará do que diz respeito ao bem estar animal na cidade. De imediato, campanhas de conscientização e fiscalização da posse responsável e sobre os casos de maus tratos serão realizadas. “Em paralelo, minha equipe continuará desenvolvendo o Código de Bem Estar Animal de Suzano. A ideia é tornar o processo de posse dos animais mais rigoroso e impedir que os animais sejam vítimas da negligência humana”, adiantou o vereador.

Por fim, durante a reunião, o secretário de Saúde afirmou que dará início às obras de adequação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), a fim de oferecer uma melhor estrutura para o atendimento dos animais enfermos em situação de abandono. Posteriormente, o espaço do CCZ irá abrigar a Secretaria de Meio Ambiente. “O novo CCZ se tornará um equipamento público de bem estar animal, com toda a infraestrutura necessária para realizar desde o resgate do animal de rua, tratamento e, após ele estar apto, o encaminhamento às campanhas de adoção. O compromisso foi firmado e vamos continuar cobrando para garantir a aceleração das obras”, disse Lisandro.

×

Conversar agora!
Envie sua mensagem que retornaremos o contato em poucos minutos.

× Chat Online - WhatsApp