• lisandrofrederico

Casos confirmados de Covid-19 de junho em Suzano já superam a estatística do mês de maio

A Prefeitura de Suzano publicou os números oficiais de Covid-19 até o dia 11 de junho. O relatório mostra que o total de casos confirmados nos primeiros onze dias do mês de junho já superam o total de casos confirmados durante todo o mês de maio. São 400 casos registrados neste mês, contra outros 395 registrados no mês de maio.

Nesta semana também foi registrado a maior inclinação na curva de registros de Covid-19 até o momento em Suzano. Durante toda a semana a cidade apresentou números recordes comparados com os outros 84 dias de registros apresentados pela Prefeitura de Suzano. Também houve o registro do número recorde de mortes pela doença, que atingiu 7 casos somente nesta quinta-feira.

Na quarta-feira a Prefeitura de Suzano chegou a manipular os dados de um gráfico para demonstrar a falsa impressão de que a curva de casos na cidade começou a reduzir. O número de casos registrados nesta semana é praticamente o dobro da semana anterior, que até então era a semana com mais casos registrados.

A manipulação de dados por parte da Prefeitura foi tomada após o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) insistir com o governador do Estado para flexibilizar o comércio na cidade.

O cenário é ainda mais preocupante quando observado os casos recorrentes de pacientes que sequer conseguem realizar o teste da doença na cidade. Recentemente divulgamos o caso do produtor musical Rodrigo dos Santos. Ele passou duas vezes pelo Pronto Socorro Municipal de Suzano, mas só conseguiu ter o seu caso diagnosticado em Mogi, após a piora dos sintomas.

Até o momento mais de R$ 11 milhões foram investidos em contratos sem licitação para combate ao Covid-19, mesmo assim, a falta de testes e a estrutura oferecida pela cidade é precária.

TRANSPARÊNCIA

Irregularidades nas ações de combate ao Covid-19 em Suzano tem sido recorrentes. São pacientes que não conseguem atendimento, contratos suspeitos firmados sem licitação e falta de transparência na gestão dos recursos.

Por diversas vezes, o vereador Lisandro Frederico (Avante), que tem como uma de suas prerrogativas a fiscalização das ações da Prefeitura, foi impedido a ter acesso a documentos públicos da Administração.

Durante audiências públicas da Secretaria de Saúde na Câmara Municipal, a falta de transparência se mantém. Na duas últimas audiências, o secretário de Saúde, o médico Luís Cláudio da Rocha Guillaumon, se negou a prestar informações sobre a pasta que comanda na cidade.

Até mesmo o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, chegou a responder questionamentos oficiais da Câmara com informações falsas, impedindo a fiscalização do parlamentar.

#covid #junho #prefeitura #Suzano

0 visualização0 comentário

Lisandro Frederico foi vereador entre 2017/2020. É formado na área de Comunicação e desde criança atua na proteção aos animais. Na Câmara Lisandro lutou por por uma Política mais transparente e honesta, conduzindo seu mandato em defesa dos direitos e interesses do cidadão. Foi o único vereador a cumprir seu papel, fiscalizando e denunciando escândalos envolvendo a Prefeitura de Suzano. Fora do mandato Lisandro continua atuante em conscientizar as pessoas e engajá-las na mudança que a Política do nosso país precisa. 

Receba nossas atualizações

MAPA DO SITE

Encontrou erros nesta página?
  • Branca Ícone Instagram