• Autor

Dória anuncia "plano emergencial" com novas restrições até o dia 30. Entenda.

O governador do Estado de São Paulo, João Dória, anunciou o "plano emergencial" de combate a Covid-19 à partir da próxima segunda-feira (15). No anúncio o governador explicou que novas restrições (descritas no final da matéria) serão implantadas por 15 dias, buscando aumentar o isolamento social.

Durante a coletiva o governador abriu espaço para exibição de vídeos que mostraram os leitos de inúmeros hospitais do estado que já atingiram 100% de ocupação. "Infelizmente nós chegamos ao momento mais crítico da pandemia. Mesmo com todos os esforços, seguindo todas as recomendações de especialista, estamos com aumento no número de casos. Essa nova cepa é muito agressiva e muito perigosa." disse o governador.


O governador relatou as dificuldades para conter o crescimento de casos. "Para quem diz que a solução é abertura de leitos, saiba que não é. Antes tínhamos 3500 leitos de UTI e agora temos 9200. Não há profissionais da Saúde para tudo isso."


O secretário Estadual da Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, também falou sobre os detalhes desta fase mais crítica de combate pandemia. "São 150 novas admissões em leitos de UTI todos os dias. O sistema está com 87% de ocupação em todo o estado de São Paulo. Há 19 dias tínhamos 66% de ocupação. O crescimento da nova cepa é muito rápido" explicou.


Ele também alertou sobre o aumento no número de jovens que estão desenvolvendo a forma grave da doença. "50% dos leitos da UTI está ocupada por pessoas com menos de 50 anos" alertou.


FASE EMERGENCIAL


A chamada "Fase Emergencial" vai iniciar no próximo dia 15 (segunda-feira) e tem a previsão de encerramento no dia 30. A iniciativa busca reduzir 50% no índice de isolamento social restringindo o funcionamento de 14 novas atividades, são elas:


- Lojas de material de construção, celebração religiosas coletivas e atividades esportivas terão restrição completa, ou seja, não poderão mais acontecer;


- Órgãos Públicos, escritórios e qualquer setor não essencial só poderá funcionar através do tele-trabalho;


- Proibido a entrega de alimentos e produto ao cliente no estabelecimento comercial. Só será permitido o sistema drive-thru ou delivery;


- O toque de recolher ocorrerá todos os dias das 20h e 5h. Não está autorizada a circulação de pessoas fora deste horário exceto em necessidade absoluta e imperiosa;


- Proibição do funcionamento de praias e parques;


- Proibição completa de qualquer aglomeração;


- Uso obrigatório de máscaras em todos ambientes, internos e externos;


Durante a coletiva foi divulgado o telefone para denuncias de aglomerações: 08007713541

3065-4666. O site do Procon também recebe denúncias de comércios que não respeitam as novas regras: www.procon.sp.gov.br



1,079 visualizações0 comentário