• Autor

Idosa em estado grave aguarda vaga de UTI há 7 dias em Suzano. Prefeitura não quis comentar o caso.

Eduarda Santoro Flor, neta da paciente, afirma que a sua avó de 77 anos foi diagnosticada com a Covid-19 no último domingo e está há 7 dias aguardando uma vaga de UTI no Pronto Socorro de Suzano. A família também afirma que os médicos já alertaram que os leitos disponíveis para a Covid-19 não são adequados para o tratamento da idosa. Eles recomendam a transferência imediata para UTI.


Eduarda Santoro, neta da paciente M.C.O.F. fez um apelo nas redes sociais e pediu a reabertura dos hospitais de campanha:



Neste sábado (21), durante uma visita ao Pronto Socorro, o vereador Marcel Silva (PTB) afirmou que só existe um médico para atender todo hospital. A afirmação do vereador foi confirmada por Sara Lira, paciente que precisou de atendimento no local há um mês.


"A situação era exatamente essa, uma única médica atendendo, 3h no mínimo para fazer triagem, poucos enfermeiros se desdobrando para atender todo mundo" disse Sara. "A saúde de Suzano já está em colapso antes mesmo da pandemia" finalizou.


LEITOS NO SISTEMA PARTICULAR


Com uma histórica falta de leitos de UTI na cidade, a pandemia só agravou a situação do sistema público de saúde em Suzano. Desde o início da pandemia a Prefeitura optou por alugar leitos de UTI em hospitais particulares.


Em 2020 um contrato de R$ 2,2 milhões foi firmado com um hospital da cidade de Franco da Rocha para transferência de pacientes que precisam de UTI. Além do contrato com o hospital, a contratou uma empresa de de transporte de pacientes, já que Franco da Rocha fica há 80 quilômetros de Suzano.


Nos últimos 4 meses ao menos dois novos contratos foram firmados para a locação de leitos de UTI, dessa vez com hospitais particulares da própria cidade. Os novos contratos firmados para locação de leitos com a rede particular ultrapassam R$ 8 milhões.


Leito de unidade particular: Prefeitura anunciou parceria com a rede.

Em entrevista ao jornal Oi Diário, o prefeito afirmou que os leitos alugados só seriam pagos caso houvesse utilização. "“Hoje fechamos uma parceria importante para a oferta de novos leitos. O hospital é recém-inaugurado, sendo um espaço de muita qualidade, com equipe médica de prontidão para receber os suzanenses. Agora, a unidade vem para somar com os serviços da rede municipal. O custeio será feito apenas sob utilização”, informou Ashiuchi.


Apesar dos novos contratos anunciados na imprensa local, diversos pacientes continuam apontando a falta de leitos de UTI no tratamento de Covid-19.


PREFEITURA NÃO QUIS COMENTAR


Procurada neste sábado para esclarecer a situação da paciente idosa e a possibilidade de reabrir hospitais de campanha em Suzano, a Prefeitura preferiu não responder aos questionamentos.

373 visualizações0 comentário

Lisandro Frederico foi vereador entre 2017/2020. É formado na área de Comunicação e desde criança atua na proteção aos animais. Na Câmara Lisandro lutou por por uma Política mais transparente e honesta, conduzindo seu mandato em defesa dos direitos e interesses do cidadão. Foi o único vereador a cumprir seu papel, fiscalizando e denunciando escândalos envolvendo a Prefeitura de Suzano. Fora do mandato Lisandro continua atuante em conscientizar as pessoas e engajá-las na mudança que a Política do nosso país precisa. 

Receba nossas atualizações

MAPA DO SITE

Encontrou erros nesta página?
  • Branca Ícone Instagram