• lisandrofrederico

Prefeito é denunciado por ato de improbidade administrativa por aluguel de imóvel nunca utilizado


Em outubro de 2017, Ashiuchi alugou um imóvel localizado na Rua Benjamin Constant, no Centro, com a justificativa que o local seria a sede do Serviço de Residência Terapêutica. No entanto, tal serviço nunca foi oferecido à população. Por outro lado, o aluguel do espaço foi rigorosamente pago pelo prefeito com dinheiro dos altos impostos dos suzaneneses.

A Prefeitura também teria realizado diversos reparos e algumas obras de acessibilidade no imóvel alugado, mas jamais utilizado, contudo, estas despesas não são informadas pelo prefeito, nem mesmo no Portal da Transparência, como determina, inclusive, a lei.

O caso ganha contornos ainda mais obscuros ao verificar que, em dezembro de 2018, dois meses após o encerramento do contrato anual de locação da casa nunca utilizada pela Prefeitura, o site oficial da administração municipal divulga que a Residência Terapêutica funciona em um imóvel que diverge completamente do espaço anteriormente alugado.

“A Câmara precisa cumprir o seu papel de fiscalizadora do Poder Público e exigir que o prefeito esclareça o porque gastou com o aluguel e possíveis demais reparos no imóvel sem jamais ter sido usado para receber um serviço público”, afirmou Lisandro.

A denúncia de improbidade administrativa deverá ser lida durante a sessão de hoje na Câmara Municipal. Caberá aos vereadores abrirem ou não a comissão processante que investigará o caso.

“Este é mais um ato claro de desvio de recursos públicos e o fato de a Prefeitura estar obstruindo a transparência do contrato, a apuração se torna ainda mais imprescindível. O suzanense tem o direito de saber onde está indo parar o dinheiro dos seus impostos”, afirmou.

“Ao abrir duas comissões para cassar o meu mandato, a Câmara deu sinais claros que as denúncias de irregularidades de agentes públicos precisam ser investigadas, desta forma, sendo coerente, este grave caso de irresponsabilidade com o dinheiro público precisa ser apurado com todo rigor, ou então, os vereadores vão deixar ainda mais flagrante a orquestrada perseguição política que venho sofrendo”, afirmou.

Esta é o terceiro pedido de investigação de atos de irregularidades cometidos pelo prefeito protocolados por Lisandro. Os outros dois foram arquivados por decisão dos parlamentares. Uma das denúncias seria para investigar o aumento do valor da passagem de ônibus em 10 vezes a mais que o solicitado pela própria empresa que opera o serviço.

A cópia da denúncia pode ser obtida no link: http://bit.ly/prefeitosuzano

0 visualização0 comentário

Lisandro Frederico foi vereador entre 2017/2020. É formado na área de Comunicação e desde criança atua na proteção aos animais. Na Câmara Lisandro lutou por por uma Política mais transparente e honesta, conduzindo seu mandato em defesa dos direitos e interesses do cidadão. Foi o único vereador a cumprir seu papel, fiscalizando e denunciando escândalos envolvendo a Prefeitura de Suzano. Fora do mandato Lisandro continua atuante em conscientizar as pessoas e engajá-las na mudança que a Política do nosso país precisa. 

Receba nossas atualizações

MAPA DO SITE

Encontrou erros nesta página?
  • Branca Ícone Instagram