• lisandrofrederico

Quinze dias após descoberta de leitos UTIs em Franco da Rocha, Prefeitura de Suzano continua esconde

Há mais de 15 dias uma fonte ligada a Secretaria Municipal de Saúde de Suzano levou ao conhecimento do vereador Lisandro Frederico (Avante) uma denúncia de que a Prefeitura de Suzano teria alugado leitos de UTI no Hospital Previna, na cidade de Franco da Rocha, a 80 quilômetros de Suzano. O tempo estimado de trajeto entre Franco da Rocha e Suzano é de 1 hora e meia, desde que não haja trânsito. A contratação foi feita sem licitação.

Ao consultar as prestações de contas sobre gastos com Coronavírus no site da Prefeitura, o vereador percebeu que os dados do contrato não foram levados a público. O vereador procurou a Prefeitura de Suzano, que se negou a esclarecer o assunto. Lisandro também aproveitou a audiência pública da Secretaria de Saúde na Câmara Municipal para questionar sobre o assunto diretamente ao Secretário de Saúde, Luís Cláudio da Rocha Guillaumon, que também se negou a prestar informações.

A Prefeitura só resolveu se manifestar sobre os leitos a 85 km de distância depois que a população se revoltou com a falta de transparência e com a morte de pacientes da Covid-19 em Franco da Rocha. Neste sábado (13) completa 16 dias que a Prefeitura de Suzano deu início ao aluguel de UTIs, mas a até o momento a prestação de contas sobre o Coronavírus e o Portal Transparência da Prefeitura continua escondendo detalhes da negociação suspeita.

ENTENDA O CASO

O vereador Lisandro Frederico descobriu que o contrato de locação de leitos em Franco da Rocha foi firmado com a empresa PLENA SAÚDE LTDA no valor de R$ 1,1 milhão de reais. No total, a Prefeitura fez a locação de 10 leitos na cidade, mas em poucos dias 6 leitos já estavam ocupados por suzanenses.

A notícia só veio a tona depois que Lisandro usou a Tribuna da Câmara para convocar os vereadores a fiscalizar esses contratos e criticar a falta de transparência da Prefeitura. Naquela oportunidade, alguns vereadores ligados ao governo de Ashiuchi resolveram defender o prefeito e com isso revelaram detalhes da contratação. Tanto Ashiuchi quando os vereadores afirmaram que a contratação em Franco da Rocha foi motivo de “economia”.

Nem os vereadores, nem o prefeito explicaram que para alugar leitos em uma cidade que fica há 85 km de Suzano a Prefeitura de Suzano também contratou uma empresa de transporte especializada, que cobra até R$ 3 mil por trajeto. Eles também não explicaram porque em momento de “economia” a Prefeitura de Suzano pagou mais de maio milhão em notas fiscais para trabalhos com empresas de publicidade.

#covid #francodarocha #prefeito #Suzano

0 visualização0 comentário

Lisandro Frederico foi vereador entre 2017/2020. É formado na área de Comunicação e desde criança atua na proteção aos animais. Na Câmara Lisandro lutou por por uma Política mais transparente e honesta, conduzindo seu mandato em defesa dos direitos e interesses do cidadão. Foi o único vereador a cumprir seu papel, fiscalizando e denunciando escândalos envolvendo a Prefeitura de Suzano. Fora do mandato Lisandro continua atuante em conscientizar as pessoas e engajá-las na mudança que a Política do nosso país precisa. 

Receba nossas atualizações

MAPA DO SITE

Encontrou erros nesta página?
  • Branca Ícone Instagram